O verão está a chegar e começam os preparativos para as férias. Viajar de carro continua a ser a opção
mais viável para os portugueses, principalmente, para as famílias, dada a mobilidade e autonomia que o
carro permite. Trazemos-lhe então neste artigo 6 dicas para uma melhor viagem de carro.
Uma viagem planeada é sem dúvida uma viagem mais confortável e mais segura e, por isso, apresentamos
alguns cuidados básicos a ter antes e durante a viagem para que tudo corra bem e que tenha as férias que
está a precisar.

Antes da viagem começar…

Planear a viagem

O trabalho de casa é fundamental para escolher o trajeto mais adequado, ter a noção do percurso, do
tempo de viagem, das dificuldades que possam surgir e evitar surpresas que possam tornar a viagem
desagradável, como pontos de trânsito mais intenso. Não nos devemos esquecer do combustível que deve
ser suficiente para fazer a viagem e se necessário voltar a encher o depósito durante a viagem ou quantas
vezes forem precisas.
Podemos ainda levar o GPS e arranjar espaço para um mapa atualizado quando a tecnologia não funcione
por falta de bateria, de rede, o que seja…mais vale prevenir que remediar!
É altura ideal para confirmar se o carro está em condições para viajar e tudo isto passa por conferir o livro
de revisões (se a data da próxima revisão estiver longe podemos considerar a hipótese de a antecipar para
antes da viagem), verificar filtros, correias, pressão dos pneus, radiador, óleo. Não esquecer o manual do
veículo, nem os documentos (DUA, IUC, seguro) que devem estar todos regularizados. Devemos ter em
consideração o clima do destino para onde vamos, pois poderá ser preciso algum cuidado extra. Para uma
melhor eficiência, podemos sempre pedir ajuda a um profissional.

Dormir é o melhor remédio

Esta é das preocupações mais (se não a mais) importante a ter, sobretudo, para quem vai conduzir. A
fadiga e a sonolência estão apontadas como causa frequente de acidentes na estrada daí que devemos
descansar bem antes de iniciar uma viagem de carro para que todos os sentidos estejam apurados para
uma condução confortável e segura. O ideal é dormir as 8 horas durante a noite e em caso de viagens
longas é recomendável fazer várias paragens ao longo do trajeto para esticar as pernas, comer alguma
coisa, ir ao WC ou até mesmo tirar uma sesta. Uma coisa é certa: ao primeiro sinal de sono não vale a
pena facilitar. Encostar o carro em segurança e parar o tempo que for necessário para recuperar é o
melhor a fazer.

Distribuir a carga

Muito importante esta tarefa para evitar dores de cabeça. A bagagem deve estar bem acondicionada no
compartimento adequado para a carga, devendo a mais pesada estar na parte inferior. Os objetos mais
pequenos devem estar fixados para não serem projetados em caso de travagem, assim como equipamentos
que sejam transportados no exterior do automóvel (pranchas, bicicletas, malas) devem estar fixadas em
suportes adequados para o efeito.
Além disso, nunca a bagagem deve impedir ou reduzir a visibilidade do condutor: no limite o que
devemos considerar é reduzir a bagagem.

Durante a viagem

Saber qual a melhor hora e o que devemos comer
Somos humanos e não morcegos e, por isso, a noite foi feita para dormir e não para conduzir. Viajar
durante a noite pode ser mais confortável a nível de trânsito mas não é a mesma coisa em termos de
visibilidade que tende a ser menor por muito boa que seja a estrada. Do mesmo modo, tanto devemos
evitar uma refeição pesada como uma refeição que nos vai deixar com fome passado pouco tempo. Em
vez disso, podemos conjugar e aproveitar as pausas durante a viagem para ingerir pequenas quantidades
de comida e nunca esquecer de ter a água sempre presente para nos mantermos hidratados.

Proteger do sol

A luz solar pode representar dificuldade na condução. Em determinadas alturas do dia pode limitar a
nossa visibilidade e por isso devemos ter as chamadas palas superiores do carro e/ou usar uns óculos de
sol para diminuir o esforço na visão. O protetor solar também pode ser importante nas peles mais
sensíveis pois o sol que bate no vidro também provoca queimaduras.

Ambiente

A viagem é tanto mais segura se nos sentirmos confortáveis no carro. Para isso, renovar o ar interior
abrindo as janelas de vez em quando, assim como manter uma temperatura agradável é muito importante.
O espaço deve estar limpo, nunca atirar nada pela janela e aproveitar as pausas para deitar fora o lixo que
vai surgindo ao longo da viagem, sobretudo, para aqueles que viajam com crianças.
Em caso algum se deve perturbar ou distrair o condutor. O ambiente deve ser propício a uma condução
agradável, sem barulho de gritos, música, rádio, tudo para uma viagem mais segura.